Resultado Enem 2016

Atualizada em:

Provas do Enem 2016 serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro. Confira as provas e gabarito do Enem 2016.

As provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2016 serão aplicadas nos dias 05 e 06 de novembro de 2016 a mais de 8 milhões de inscritos.

Os gabaritos referentes às provas do Enem 2016 serão divulgados no Site do Inep, a partir de 9 de novembro de 2016.

Provas do Enem 2016

Conforme previsto no edital do Enem 2016, no primeiro dia, sábado, o candidato terá 4 horas e 30 minutos para responder questões de ciências humanas e de ciências da natureza.

No domingo, ele terá 5 horas e 30 minutos para as perguntas de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação.

Ainda conforme edital, os portões dos locais de provas serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começarão pontualmente às 13h30.

Acesse o que será cobrado nas provas do Enem, edição 2016.

Inscrição no Enem 2016

De acordo com o do edital do Enem 2016 as inscrições foram realizadas de 09 a 20 de maio. O valor da taxa de inscrição foi reajustado para R$ 68. Os interessados puderam se inscrever pelo site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br.

Fique atento às datas e cronogramas do Enem, SiSU e ProUni, pois são curtos os prazos de inscrições. Participe de nossas redes sociais e tenha acesso a vários materiais importantes: FacebookGoogle+ e Twitter. Compartilhe este material.

Desde 2009, Enem é porta de entrada para universidades

O Enem foi criado em 1998 com o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica, buscando contribuir para a melhoria da qualidade desse nível de escolaridade.

A partir de 2009, o exame passou a ser utilizado também como mecanismo de seleção para o ingresso no Ensino Superior. Ao longo dos anos, foram implementadas mudanças que contribuem para a democratização das oportunidades de acesso às vagas oferecidas por Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), para a mobilidade acadêmica e para induzir a reestruturação dos currículos do Ensino Médio.

Respeitando a autonomia das universidades, a utilização dos resultados do Enem para acesso ao Ensino Superior pode ocorrer como fase única de seleção ou combinado com seus processos seletivos próprios.

A participação na prova é ainda requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), participar do programa Ciência sem Fronteiras ou ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Estudantes maiores de 18 anos podem também obter a certificação do Ensino Médio por meio do Enem.

matérias relacionadas
Comentários