Enem 2016: Dicas de Redação - Concisão

Atualizada em:

Dicas para uma Redação nota 1000 nas provas do Enem. Dicas de concisão para uma boa redação no Enem 2016.

O Exame Nacional do Ensino Médio 2013 (Enem 2016) será realizado nos dias 5 e 6 de novembro. As provas contêm 180 questões de múltipla escolha e uma redação, distribuídas em cinco notas, uma para cada área de conhecimento avaliada: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática, mais a média da redação.

Prova de Redação do Enem

A prova de redação do Enem tem uma característica que a difere das demais: o candidato deve propor uma solução para um problema apresentado no tema. O que se espera do estudante é informação e criatividade para criar soluções, além de habilidade para defender seu ponto de vista.

Há qualidades comuns a qualquer bom texto, seja ele oficial ou literário, aplicáveis à redação oficial: clareza, coesão, concisão, correção gramatical. Além disso, merecem destaque algumas características peculiares identificáveis na forma oficial de redigir: formalidade e uniformidade.

A seguir, apresenta-se análise pormenorizada de cada uma dessas qualidades e características.

Concisão

A concisão consiste em expressar com um mínimo de palavras um máximo de informações, desde que não se abuse da síntese a tal ponto que a idéia se torne incompreensível. Afinal, o tempoé precioso, e quanto menos se rechear a frase com adjetivos, imagens, pormenores desnecessários ou perífrases (rodeios de palavras), mais o leitor se sentirá respeitado.

Para que se redija um texto conciso, é fundamental que se tenha, além de conhecimento do assunto sobre o qual se escreve, o tempo necessário para revisá-lo depois de pronto. É nessa revisão que muitas vezes se percebem eventuais redundâncias ou repetições desnecessárias de idéias.

Veja-se, por exemplo, o seguinte texto:

A partir desta década, o número cada vez maior e, por isso mesmo, mais alarmante de desempregados, problema que aflige principalmente os países em desenvolvimento, tem alarmado as autoridades governamentais, guardiãs perenes do bem-estar social, principalmente pelas conseqüências adversas que tal fato gera na sociedade, desde o aumento da mortalidade infantil por desnutrição aguda até o crescimento da violência urbana que aterroriza a família, esteio e célulamater da sociedade.


Se esse mesmo trecho for reescrito sem a carga informativa desnecessária, obtém-se um texto conciso e não prolixo:

O número cada vez maior de desempregados tem alarmado as autoridades governamentais, pelas conseqüências adversas que tal fato gera na sociedade, desde o aumento da mortalidade infantil por desnutrição aguda até o crescimento da violência urbana.


Vê-se, assim, como é importante o texto enxuto. Economizar palavras traz benefícios ao texto: o primeiro é errar menos; o segundo, poupar tempo; o terceiro, respeitar a paciência do leitor.

Pode-se adotar como regra não dizer mais nem menos do que precisa ser dito. Isso não significa fazer breves todas as frases, nem evitar todo o detalhe, nem tratar os temas apenas na superfície; significa, apenas que cada palavra é importante.)

Procedimentos para redigir textos concisos

a) eliminar palavras ou expressões desnecessárias:
ato de natureza hostil => ato hostil;
decisão tomada no âmbito da diretoria => decisão da diretoria;
pessoa sem discrição => pessoa indiscreta;
neste momento nós acreditamos => acreditamos;
travar uma discussão => discutir;
na eventualidade de => se;
com o objetivo de => para;


b) evitar o emprego de adjetivação excessiva:
o difícil e alarmante problema da seca => o problema da seca;


c) dispensar, nas datas, os substantivos dia, mês e ano:
no dia 12 de janeiro => em 12 de janeiro;
no mês de fevereiro => em fevereiro;
no ano de 2000 = > em 2000;


d) trocar a locução verbo + substantivo pelo verbo:
fazer uma viagem => viajar;
fazer uma redação => redigir;
pôr as idéias em ordem => ordenar as idéias;
pôr moedas em circulação => emitir moedas;


e) usar o aposto em lugar da oração apositiva:
O contrato previa a construção da ponte em um ano, que era prazo mais do que suficiente => O
contrato previa a construção da ponte em um ano, prazo mais do que suficiente.
O que se tem é a anarquia, que é a bagunça pura e simples, irmã gêmea do caos => O que se tem é
a anarquia, bagunça pura e simples, irmã gêmea do caos;


f) empregar o particípio do verbo para reduzir orações:
Agora que expliquei o título, passo a escrever o texto => Explicado o título, passo a escrever o texto.
Depois de terminar o trabalho, ligo pra você => Terminado o trabalho, ligo pra você.
Quando terminar o preâmbulo, passarei ao assunto principal => Terminado o preâmbulo, passarei ao assunto principal.


g) eliminar, sempre que possível, os indefinidos um e uma:
Dante quer (um) inquérito rigoroso e rápido.
Timor-Leste se torna (uma) terra de ninguém.
A cultura da paz é (uma) iniciativa coletiva

Provas do Enem

Confira as provas do Enem já aplicadas. Trata-se de uma boa forma de preparação para o Enem 2016.

Dicas para uma boa Redação no Enem 2016

Com a adoção do Enem 2013 por diversas universidades, fazer uma boa redação torna-se muito importante. Confira algumas dicas para se sair bem na redação do Enem 2016.

Cartilha de Redação do Enem 2016

Os inscritos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2016 têm à disposição novo instrumento de orientação na reta final das provas, que serão aplicadas, este ano, nos dias 5 e 6 de novembro. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) elaborou Cartilha do Participante da Redação do Enem de 2016 com o intuito de tornar transparente a metodologia de avaliação da redação e orientar os participantes.

Download da Cartilha do Participante da Redação do Enem de 2016

matérias relacionadas
Comentários