Enem 2016: Dicas de Alimentação

Atualizada em:

Quem vai fazer a prova do Enem 2016 deve cuidar da alimentação. Confira o que comer e beber antes da prova do Enem.

O Exame Nacional do Ensino Médio 2013 (Enem 2016) será realizado nos dias 5 e 6 de novembro. As provas contêm 180 questões de múltipla escolha e uma redação, distribuídas em cinco notas, uma para cada área de conhecimento avaliada: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática, mais a média da redação.

De forma a garantir que a sua alimentação não o prejudique no dia das provas, nutricionistas dão dicas para alimentação, de forma a obter uma melhor concentração do estudante. Confira abaixo todas as dicas de alimentação antes das provas do Enem 2016.

Para o dia da prova, balinhas e chocolates podem até ser uma opção. No entanto, é preciso lembrar que o carboidrato é de alta absorção, de forma que acaba sendo consumido rapidamente.

O que comer no café da manhã às vésperas do Enem

Por se tratar da primeira refeição após um longo prazo sem comer, essa refeição é fundamental. Frutas e cereais integrais fornecem energia de absorção lenta, que não deixará você com sono momentos depois. A ingestão de iogurte com frutas, castanhas, omelete com tomate, queijo e suco são também indicados.

O que comer ao longo do dia das provas do Enem

Com o objetivo de manter a concentração de glicose plasmática constante é preciso se alimentar regularmente. O cérebro funciona à base desse nutriente. É contra indicado passar mais de 3 horas sem se alimentar. Até o horário do almoço a indicação é que se consuma frutas, iogurte e torrada integral. No entanto, não se pode abusar da quantidade, pois excessos podem deixar o estudante sonolento.

Um outro ponto importante a ser destacado é que se deve esquecer as novidades. Esse não será o momento para comer em lugares diferentes do habitual ou experimentar uma comida nova. Não corra o risco de passar mal justamente no dia da prova do Enem.

O que beber às vésperas do Enem

A melhor resposta é água, pois é fundamental para que todas as reações químicas ocorram da maneira correta. É indicado levar uma garrafinha de água para a prova, pois ainda reduz a fadiga e ajuda o cérebro a trabalhar.

Os nutricionais alertam ainda para o consumo de cafeína. Embora seja um estimulante, o excesso pode deixar o candidato ansioso, agitado, inquieto e nervoso. Além disso, se consumido no dia anterior, pode atrapalhar o sono.

Prática de exercícios às vésperas do Enem

Embora muitos estudantes considerem perda de tempo, além de uma alimentação balanceada, é recomendado que os candidatos pratiquem atividades físicas às vésperas do Enem. Essas atividades, realizadas de forma moderada, ajudam a reduzir o estresse do candidato, favorece uma melhor noite de sono e ainda melhora a circulação de sangue e nutrientes por todos os órgãos, inclusive pelo cérebro.

 

O que deve

O que NÃO deve

- Frutas

- Pão integral

- Omelete

- Iogurte

- Queijo branco

- Suco de fruta

- Água

- Frituras

- Gorduras

- Excesso de cafeína

- Excesso de chocolate

- Batatas industrializadas

- Salgadinhos industrializados

Provas do Enem

Confira as provas do Enem já aplicadas. Trata-se de uma boa forma de preparação para o Enem 2016.

Dicas para uma boa Redação no Enem 2016

Com a adoção do Enem 2013 por diversas universidades, fazer uma boa redação torna-se muito importante. Confira algumas dicas para se sair bem na redação do Enem 2016.

Cartilha de Redação do Enem 2016

Os inscritos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2016 têm à disposição novo instrumento de orientação na reta final das provas, que serão aplicadas, este ano, nos dias 5 e 6 de novembro. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) elaborou Cartilha do Participante da Redação do Enem de 2016 com o intuito de tornar transparente a metodologia de avaliação da redação e orientar os participantes.

Download da Cartilha do Participante da Redação do Enem de 2016

matérias relacionadas
Comentários